A Verdadeira Historia do Martelinho de Ouro

Martelinho de ouro, técnica desenvolvida para remover pequenos e médios amassados sem necessidade pintura muito difundida no Brasil e principalmente em São Paulo – SP.

Essa técnica totalmente artesanal utiliza de ferramentas e da habilidade excepcional do profissional para voltar a peça da condição de amassada para a condição de original novamente.

Martelinho De Ouro

História

Mas como surgiu esta ideia de remover amassados apenas massageando o metal e gradativamente fazendo voltar a sua condição anterior.

Esta ideia vem sendo aperfeiçoada desde 1931 por Frank t. Sargent quando escreveu “The Key Metal Bumping” (    A Chave Para o Impacto do Metal ) onde ele descreve ainda que de forma rudimentar, ferramentas de reparo sem pintura, formas de usá-las, além de algumas instruções de como se pode prever o movimento do metal.

Eu não encontrei muitas informações sobre ele mas já encomendei meu exemplar desse livro, deve ser fantástico.

O início

A coisa realmente mudou 20 anos mais tarde quando o Sr. Oskar Flaig na época funcionário da Mercedes Benz. Seu trabalho era cuidar dos carros expostos em Showroom onde pessoas encostavam, amassavam e arranhavam os carros que precisavam estar tinindo já no dia seguinte, sendo assim, ele trabalhava durante a noite para que os carros estivessem perfeitos no dia seguinte.

Durante o “International Motor Sports Show” de 1960 (hoje conhecido como SEMA – Show) em Nova York, o Sr. Oskar Flaig entretido em seu trabalho usou a alça de um martelo para remover um pequeno amassado em um carro que posteriormente seria repintado como de costume, porém, sendo essa a primeira vez que se utilizava desta técnica ficou realmente impressionado com o resultado. Este ficou catalogado como sendo o primeiro evento da utilização da técnica de remoção de amassado sem pintura.

precursores do martelinho de ouro (PDR)
Oskar Flaig a esquerda e Erick Nussle

A partir desse evento já de volta a Alemanha Flaig começou a desenvolver e aprimorar as técnicas e ferramentas para reparar pequenos amassados. Ele foi promovido e passou a ser chamado de “Goldflaschner” (não encontrei uma tradução para o português aceitável, mas talvez venha daí o nome “martelinho de ouro” ).

Oskar Flaig, organizou diversos treinamentos e desenvolver juntamente com outros técnicos diversas ferramentas que contribuíram imensamente para chegarmos ao patamar que estamos hoje.

Quer ver resultados práticos da técnica de Martelinho de Ouro?

Acesse: gdgmartelinho.com.br

Tudo Sobre Martelinho de Ouro